Qual a melhor estrutura para utilizar em telhados: em madeira ou metálica?

 

No Brasil sempre foi muito comum construir a estrutura dos telhados das casas e das áreas de lazer com madeira. Porém, atualmente, as estruturas metálicas vem ganhando cada vez mais espaço na construção das coberturas, seja na residência, na garagem ou no espaço gourmet, devido, principalmente, ao fator ecológico, visto que hoje a extração de madeiras de lei tem muito mais critérios do que era há algum tempo atrás. Assim, as estruturas metálicas se tornam uma solução limpa e sustentável para os telhados atuais.

Ao optar por esse tipo de material evita-se, entre outras coisas, a derrubada de árvores, o desperdício no local da obra, visto que a madeira é cortada com serra no local, além de tempo, sendo que a execução da estrutura metálica é muito mais rápida de ser produzida. Por ser um material homogêneo e de fácil ligação, pode ser fabricada na oficina, garantido menor tempo de montagem e reduzindo o tempo da obra. Além disso, esse tipo de estrutura é mais leve que a madeira, o que garante um alívio para os pilares e fundação.

A estrutura do telhado em si, tanto para aço, quanto para madeira, são parecidas. Tem-se caibros, ripas, vigas e terças. A disposição entre elas segue os mesmos padrões e as distâncias são parecidas. No entanto, as peças de aço podem ter os formatos e os tamanhos que o cliente desejar. Os espaçamentos também podem ser customizados, o que abre espaço para a criatividade do projetista e do cliente.

A madeira é um material heterogêneo, ou seja, as características são únicas de cada espécie. Também deve levar-se em consideração o tempo em que foi extraída, uma vez que a cor da madeira e a composição podem variar, o que acarreta num maior cuidado na hora da escolha para que se tenha uma estrutura com características parecidas. Outro pronto a ser observado é a realização de um tratamento contra fungos e pragas como cupins.

Já o aço é um material homogêneo e sempre terá as mesmas características de cada peça, como peso, espessura e dimensões. A deformação no decorrer da vida útil é muito menor do que a madeira, pois não absorve umidade com o tempo e nem tem ataques de fungos e cupins, somente sendo necessário uma pintura de base para o proteger da corrosão.

A madeira, portanto, por não precisar de tratamento contra corrosão, pode ser mais interessante de ser utilizada em locais litorâneos. Outro ponto a ser considerado é a mão de obra especializada do aço, já que em alguns lugares do Brasil pode ser mais difícil de ser encontrada. Dessa forma, no Centro-Oeste a agressividade da atmosfera é muito menor do que no litoral, sendo, em alguns casos, muito mais viável a estrutura metálica. A região também conta com grande demanda de mão de obra, oficinas, serralherias e profissionais capacitados.

 

Fonte: Metrópoles

You can add any HTML here (admin -> Theme Options -> Promo Popup).
We suggest you create a static block and put it here using shortcode

close