A cidade autossustentável do futuro seria assim segundo estes arquitetos italianos

 

Em busca de mais oportunidades de trabalho, as pessoas seguem rumo às grandes cidades em um movimento que se dá desde a revolução industrial. Entretanto, cidades mais repletas de pessoas são insalubres e altamente poluídas, sendo um grande atrativo para doenças respiratórias e a proliferação de vírus. Segundo as Nações Unidas, projeta-se que 5 bilhões de pessoas morem nas cidades até 2030. A busca por uma solução mais ecológica fez um grupo de arquitetos italianos desenvolver o que eles chamam de a cidade autossustentável do futuro.

Para isto, o Luca Curci Architects propôs o The Link, um sistema vertical auto-sustentável projetado para acomodar 200 mil pessoas. O projeto possui quatro edifícios, sendo que o maior serviria como área residencial e uma variedade de espaços verdes espalhados pelos 300 andares. Esta torre residencial seria conectada a outros três prédios de escritórios, departamentos governamentais, instalações de saúde, instituições educacionais, varejo e outras comodidades.

A ideia é cobrir a cidade vertical com mais de 120 mil árvores e 2 milhões de plantas de mais de 150 espécies para ajudar a limpar o ar, reduzir o efeito da ilha de calor urbano e proporcionar aos moradores uma conexão mais próxima com a natureza. Em breve a proposta será apresentada às cidades ao redor do mundo.

Segundo o escritório, esta será a primeira cidade inteligente ‘consciente’ que “evitará a expansão urbana, produzirá e armazenará energia, melhorará a qualidade do ar, aumentará a biodiversidade urbana e criará um estilo de vida mais saudável”, explicou o arquiteto Luca Curci. As temperaturas da cidade, os níveis de umidade, os níveis de dióxido de carbono e os sistemas de iluminação seriam gerenciados com um sistema operacional urbano equipado com inteligência artificial.

Além disto, ela seria alimentada por vários sistemas de energia renovável, incluindo eólica e solar e produziria seus próprios alimentos, através de um sistema de agricultura no local que segue políticas de desperdício zero. A cidade do futuro é sustentável, inteligente e altamente tecnológica, prova de que a tecnologia de ponta, pode sim, ser grande aliada do meio ambiente.

 

Fonte: Hypeness

 

You can add any HTML here (admin -> Theme Options -> Promo Popup).
We suggest you create a static block and put it here using shortcode

close